EUA: exportações de carne bovina aumentam em setembro

As exportações de carne bovina dos Estados Unidos aumentaram em volume e subiram substancialmente em valor em setembro, de acordo com as estatísticas divulgadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e compiladas pela Federação de Exportações de Carnes dos Estados Unidos (USMEF).

Embora inferior ao mês anterior, o volume de exportação de carne bovina em setembro aumentou em 2% em relação ao ano anterior para 103.552 toneladas. O valor exportado passou de US $ 600 milhões pelo quarto mês consecutivo, ficando em US $ 616,9 milhões, um aumento de 16% em relação ao ano anterior.

O volume de janeiro a setembro foi de 926.985 toneladas, um aumento de 9% em relação aos três primeiros trimestres de 2016, enquanto o valor das exportações foi de US $ 5,27 bilhões, um aumento de 16% com relação ao ano anterior e 2% acima do ritmo recorde estabelecido em 2014.

As exportações de carne bovina representaram 12,5% da produção total em setembro, abaixo de um ponto percentual em relação ao ano anterior, mas a porcentagem de cortes musculares exportados aumentou de 10,2% no ano passado para 10,4%.

De janeiro a setembro, as exportações de carne bovina representaram 12,8% da produção total e 10,1% para cortes musculares.

O valor de exportação de carne bovina de setembro foi em média US $ 289,14 por cabeça, um aumento de 13% em relação ao ano anterior. O valor de exportação de janeiro a setembro foi em média de US$ 277,31 por cabeça, um aumento de 10%.

Fonte: USMEF, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.